Handmade – fazer manual!

Olá! Bom dia!!

Hoje nosso post é sobre a volta às origens do fazer manual!

Crochê

Se você já tem uma “certa” idade, muito provavelmente teve roupinhas feitas pela mãe, pela avó ou pela tia quando era criança. Também teve um carrinho, um balanço ou algum brinquedo confeccionado no fundo do quintal pelo pai ou avó; onde também tinha uma horta, um pomar ou um galinheiro ou as três coisas.

Esta abaixo sou eu, no início dos anos 70, sentada no balanço feito no quintal de casa, com roupa feia pela mãe e a boneca de lã feita pela tia – só para ilustrar o que falamos.

Journaling

Bom, durante muito tempo as coisas foram assim, feitas manualmente em casa! Mas aí ocorreu a revolução industrial e o símbolo da modernidade era poder entrar em uma loja e comprar tudo o que precisávamos pronto: roupa, utensílios para casa, móveis, decoração, comida e tudo mais. Na sequência chegou a revolução tecnológica e hoje nem precisamos mais sair para comprar, basta uma conexão com a internet que a compra chega em casa! Quanta facilidade, quanta evolução… mas essa mudança toda não trouxe só alegria!

Conforme a reportagem da revista Casa & Jardim, pág. 41: “… a hiperconexão também abriu as portas para que houvesse certa massificação estética.” Ou seja, todo mundo poderia ter tudo igual! “Tivemos um boom do industrial. Hoje estamos vivendo uma volta ao manual …” – revista Bons Fluidos, pág. 27. Voltamos a produzir manualmente pois estamos saturados com tanta produção em série, queremos algo único, “…cresce o desejo por um consumo autoral, a vontade de ter produtos ‘com alma’.” Casa & Jardim.

imagem_capa_cunha

(fonte foto: Link3)

Além disso o excesso de informação e a rapidez com que as notícias chegam tem nos deixado esgotados. Encontrar alguma coisa para fazer que desacelere nossa mente e nos proporcione momentos de relaxamento passou a ser fundamental. Então redescobrimos que voltar a produzir o que precisamos ou desejamos em casa, como no tempo de nossas avós, poderia ser uma boa solução!

Ainda conforme reportagem da revista Bons Fluidos, pág. 24: “Quem se dedica ao fazer manual vivencia momentos de absoluta descompressão, quietude e satisfação, enquanto quem o recebe ganha um bem único, carregado de boas energias.”

Podemos costurar, pintar, fazer crochê, tricô, cerâmica, cozinhar…

Podemos produzir para doar nosso tempo e nosso trabalho à uma entidade ou em benefício de outras pessoas…

polvos1

(para saber mais sobre a foto: Link)

Podemos produzir para colaborar com uma intervenção urbana, pensando na cidade e no coletivo…

2686575

(para saber mais sobre a foto: Link)

Podemos produzir simplesmente para decorar nossa casa e usarmos…

Helô

(foto: acrílico sobre tela by Heloiza Silveira)

Podemos produzir para presentear alguém ou nos presentear, ou apena para desacelerar da correria do cotidiano!

LO duplo Dia das Mães

No meu caso, o fazer manual é o Scrapbook. Escolher os papéis, as cores, os enfeites, recortar, colar, sobrepor elementos e pensar no design faz de todo o processo um momento único, assim como o resultado do trabalho. E foi com ele que fiz um dos presentes do Dia das Mães deste ano!

LO duplo Dia das Mães detalhe

Já pintei, já fiz ponto cruz e ainda quero aprender a costurar, fazer crochê e tricô! E você, qual o seu fazer manual!?

Beijos e até o próximo post!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: